+55 11 99998-6075

Problemas no escapamento do automóvel? Saiba o que fazer!

Última atualização em:
11/06/2024

Assim como outros componentes de um veículo, o escapamento do automóvel também é importante para manter o desempenho e bom funcionamento do mesmo. Mas, o que fazer quando esse item apresenta problemas? 

A imagem mostra um homem trabalhando embaixo de um carro que está levantado por um elevador automotivo. O homem usa luvas e uma camisa azul escura com gola.

Esse é o assunto do post de hoje! Continue nos acompanhando e saiba quais são os sinais de problemas no escapamento e como resolver essa questão.

Para que serve o escapamento do automóvel?

O escapamento do automóvel tem a função de canalizar os gases de escape para fora do motor e, subsequentemente, do veículo. Isso inclui dióxido de carbono, monóxido de carbono, vapor d'água e outros elementos de combustão.

Além disso, ele desempenha várias funções importantes no sistema de exaustão do motor, entre as principais, estão:

  • Redução de ruído;
  • Melhoria no desempenho do motor;
  • Economia de combustível;
  • Controle de emissão de poluentes;
  • Otimizar a potência;
  • Resfriamento dos gases.

Em geral, é fabricado com aço inoxidável e carbono, muito conhecidos por sua durabilidade e resistência às temperaturas altas, que surgem através dos gases de escape. Por isso, é capaz de suportar o processo de combustão, direcionando os gases para fora do motor. 

Quais são os sinais de problemas no escapamento?

Os problemas no escapamento do automóvel podem se manifestar de várias maneiras. Abaixo, destacamos alguns sinais, muito comuns, de que algo está errado:

Ruídos anormais

Sons incomuns na área do escapamento podem indicar um problema, incluindo ruídos, batidas, estalos ou até mesmo um som de escape mais alto do que o normal.

Corrosão

O escapamento está sujeito à corrosão, especialmente em regiões com climas adversos. Se você notar sinais visíveis no tubo de escape, como um vazamento, por exemplo, pode haver a necessidade de substituição.

Catalisadores com desgaste

Podemos dizer que os catalisadores são sensíveis e podem sofrer danos ao longo do tempo. Isso significa que, se não estiverem funcionando de maneira adequada, podem não converter os gases poluentes e resultar no aumento de emissões e problemas de desempenho.

Fumaça excessiva

Fumaça excessiva, especialmente escura ou azulada, pode indicar que há um problema no sistema de escapamento ou no motor.

Como corrigir o problema no escapamento?

Primeiro, é importante avaliar o escapamento do automóvel. Se possível, levantá-lo com um macaco, para ter uma visão mais clara por baixo do veículo

Caso o problema seja corrosão, você pode lixar a área afetada, aplicar um produto anticorrosivo e, em seguida, pintar com uma tinta resistente ao calor.

E se o escapamento estiver danificado de forma irreparável, considere substituir peças, como o catalisador ou o tubo de escape.

Mas, independente do problema, se tiver dúvidas ou não se sentir confiante em lidar com a situação, o mais indicado é buscar uma oficina mecânica com a assistência de um profissional.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto, comente abaixo se possui outras dúvidas e compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados
Todos os direitos reservados © 2024
Desenvolvido
SuryaMKT
Atualizado em: 
11/06/2024 @ 16:13
magnifiercross