+55 11 99998-6075

5 situações que podem gerar Multa no Trânsito e devem ser evitadas

Última atualização em:
13/06/2024

Quem nunca cometeu uma infração ao dirigir, que atire a primeira pedra, não é mesmo? Uma coisa é fato: são várias as situações que podem gerar multa no trânsito e, mesmo que não sejam tão graves, também podem levar o motorista a perder pontos na carteira de habilitação.

Por isso, no post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre o assunto! Trouxemos 5 situações que devem ser evitadas para você não receber aquela cartinha com a cobrança da multa. Acompanhe!

O que pode gerar multa no trânsito? 

Conforme dissemos, algumas ações podem levar o motorista a cometer uma infração. Muitas vezes, são hábitos bem comuns, que até passam despercebidos, mas ainda assim acabam gerando multas. Entre as principais situações, podemos destacar:

Alta velocidade

A alta velocidade é um dos principais causadores de multa no trânsito. Isso porque, seja em estradas ou centros urbanos, alguns motoristas ainda insistem em pisar no acelerador e andar em uma velocidade não permitida, colocando a vida de outras pessoas em risco.

Segundo dados divulgados pelo Detran, caso seja ultrapassado 20% da velocidade permitida, a infração será média. Mas, se o motorista insistir e continuar acelerando, ela passará de média para gravíssima, podendo gerar a apreensão da carteira. 

Mexer no celular (mesmo com o carro parado)

Mesmo sendo proibida por lei, essa prática continua sendo muito frequente entre os condutores e, nos últimos quatro anos, vem sendo uma das maiores infrações. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o condutor flagrado utilizando o celular para ligações enquanto dirige pode levar uma multa média, em torno de R$130,16.

Se estiver manuseando o aparelho ou respondendo mensagens, a multa poderá ficar ainda mais cara, sendo considerada gravíssima. 

Avançar o farol vermelho ou parada obrigatória

Outra ação proibida no trânsito é avançar o farol vermelho ou trechos de parada obrigatória. Esse tipo de infração é considerado gravíssimo, com a perda de pontos na CNH e uma multa de aproximadamente R$ 294,00.

É importante lembrar que, em alguns lugares do Brasil, são desligados os radares durante à noite. Assim sendo, os veículos estão livres da penalidade, mas de qualquer maneira, é importante prestar atenção ao avançar o sinal vermelho.

Não usar o cinto de segurança

Quando o automóvel estiver em movimento, é obrigatório o uso do cinto de segurança, uma vez que, se não for utilizado, a infração será grave e o condutor deve perder 5 pontos na carteira, além de pagar uma multa de até R$196,00.

Dirigir com o para-brisas trincado 

Ainda segundo o Código de Trânsito Brasileiro, andar com o para-brisa trincado ou danificado gera infração grave, com multa, perda de cinco pontos na CNH e até mesmo a possibilidade de retenção do veículo.

Vale ressaltar que a falta de água ou palhetas ressecadas também podem levar à apreensão do automóvel, principalmente se o condutor estiver dirigindo na chuva sem acionar esse item corretamente.

Essas são as principais ações que devem ser evitadas para que não exista multa, perda de pontos na carteira ou retenção do veículo.

E você, já sabia que todas essas ações podem causar multa no trânsito? Deixe um comentário abaixo e compartilhe o conteúdo! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados
Todos os direitos reservados © 2024
Desenvolvido
SuryaMKT
Atualizado em: 
13/06/2024 @ 18:12
magnifiercross